ABVCAP e ANDE criam Grupo de Trabalho de Investimento de Impacto

Com o objetivo de fortalecer o campo de investimento de impacto, a ABVCAP (Associação Brasileira de Private Equity e Venture Capital) e a ANDE no Brasil (Aspen Network of Development Entrepreneurs) uniram esforços e experiências para criar o Grupo de Trabalho (GT) de Investimento de Impacto.

O grupo já conta com 19 organizações que incluem fundos de venture capital e de private equity, family offices e investidores institucionais. Todas são membros da ABVCAP ou da ANDE e já investem ou procuram investir diretamente em negócios, em fundos ou outros veículos, buscando impacto social/ambiental, além do retorno financeiro. Entre os integrantes estão: Vox Capital, UBS, Performa, LGT, Astella, Kaete e Wright Capital.

“A ideia do grupo foi reunir investidores tradicionais, que fazem parte da ABVCAP, e coordenar uma agenda voltada para investimento de impacto. Cada um tem sua própria operação e há muito interesse nessa temática”, explica Daniel Izzo, sócio cofundador da Vox Capital e colíder do GT.

O grupo trabalha com quatro objetivos:

  • mobilizar mais recursos para o campo;
  • apoiar a criação e implementação de novos instrumentos financeiros para investimento de impacto;
  • criar clareza e alinhamento na mensuração de impacto;
  • fortalecer a divulgação do tema diante de públicos estratégicos.

Atualmente na fase de planejamento, o grupo tem realizado encontros presenciais e virtuais para compartilhar e aprofundar visões sobre o ecossistema no Brasil, e para definir projetos prioritários para alcançar os objetivos.

Quando o planejamento for concluído, o grupo passará a se encontrar a cada dois meses para acompanhar o progresso dos projetos, debater temas críticos e discutir possíveis mudanças de rota. “O papel da ANDE é apoiar essas conversas, não somos investidores. O GT vai juntar esforços e identificar novos instrumentos financeiros adequados para esse tipo de investimento. O GT não vai investir em negócios, mas fortalecer o investimento”, afirma Rob Parkinson, consultor da ANDE.

A ABVCAP, por sua vez, já tinha um grupo focado em fomentar o investimento de impacto no Brasil. “Aí surgiu a possibilidade desse trabalho conjunto com a ANDE, que tem uma capilaridade global. A meta é divulgar essa modalidade de investimento no Brasil, ampliar o número de gestores e atrair investidores para os gestores que estão fazendo investimento de impacto. Juntos podemos fazer mais e melhor. Há muito interesse nesse tipo de investimento. No nosso congresso, realizado em junho, um dos painéis mais bem avaliados tratou desse tema”, diz Ângela Ximenes, membro do Comitê Executivo da ABVCAP.

A iniciativa tem ainda o objetivo de atrair mais investidores de impacto internacionais para o mercado brasileiro.

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.