Notícias

Notícias

Conheça as finalistas do Desafio de Incubação e Aceleração de Impacto

Já foram selecionadas as 10 incubadoras e aceleradoras finalistas da 2ª edição do Desafio de Incubação e Aceleração de Impacto. São duas instituições de cada região do Brasil (ver abaixo) que participaram de um processo de capacitação e apresentaram um plano de ação sobre como incorporar estratégias para sensibilização, seleção e incubação ou aceleração de negócios de impacto.

Em julho as aceleradoras e incubadoras finalistas apresentarão seus planos para um comitê que selecionará os cinco melhores, um de cada região do país. Cada uma delas receberá um prêmio de R$ 25 mil, além de mentoria dos associados do ICE e vouchers de serviços do Sebrae para os negócios de impacto apoiados por eles.

O Desafio é parte integrante do Programa de Incubação e Aceleração de Impacto, fruto de uma parceria entre o Instituto de Cidadania Empresarial (ICE), a Anprotec – Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores e o Sebrae – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. Tem o objetivo de mobilizar aceleradoras e incubadoras de todo Brasil para incluírem ou ampliarem a atuação com negócios de impacto social. O programa inclui: capacitação presencial e online, mentoria e o Desafio de Incubação e Aceleração de Impacto.

2ª edição do Programa de Incubação e Aceleração de Impacto

A segunda edição do Programa recebeu, no total, 42 inscrições, com representantes de 17 estados de todas as regiões do país. Das 41 instituições consideradas elegíveis, 35 participaram do workshop, realizado em Brasília (DF), em dezembro de 2016, primeira etapa da capacitação.

A capacitação online começou em janeiro e abordou temas como as origens do conceito de negócios de impacto, o papel das tecnologias em gerar impacto social e metodologias para apoiar negócios de impacto. O processo incluiu três entregas obrigatórias com reflexões sobre alinhamento estratégico com a missão de cada organização, mapeamento de processos internos e mobilização de um ecossistema local de apoio a negócios de impacto.

Em maio, os participantes começaram a montar seus planos de ação com o apoio de um time de consultores, demonstrando como pretendiam atuar de forma estratégica para apoiar negócios de impacto. Entre as 26 instituições que apresentaram seus planos de ação, foram selecionadas as 10 finalistas.

“Não foi uma tarefa fácil, pela qualidade dos planos de ação apresentados. O ICE está programando uma agenda de formação continuada para apoiar todas as organizações que entregaram planos de ação, para mantê-las engajadas nessa agenda. A ideia é seguir trabalhando com as 45 organizações que participaram das edições de 2016 e 2017”, explica Samir Hamra, analista de programas do ICE.

Finalistas do Desafio de Incubação e Aceleração de Impacto 2017

Região Norte
AM – AmIC – Incubadora Amazonas Indígena Criativa
PA – Programa de Incubação de Empresas de Base Tecnológica da UFPA + Fundação
de Ciência e Tecnologia Guamá

Região Centro-Oeste
DF – Incubadora de Empresas de Base Tecnológica do Programa Multincubadora de
Empresas do CDT/UnB
MT – Arca Multincubadora

Região Nordeste
PB – ITCG – Incubadora Tecnológica de Empreendimentos Criativos e Inovadores
PE – Programa de Fortalecimento de Negócios de Impacto Social da Anpecom

Região Sudeste
MG – Techmall S.A.
SP – A Banca Produtora Cultural Social de Impacto

Região Sul
RS – Ieitec – Instituto Empresarial de Incubação e Inovação Tecnológica
SC – Celta – Centro Empresarial para Laboração de Tecnologias Avançadas



ICE – Instituto de Cidadania Empresarial