Teoria de Mudança

O Brasil tem problemas sociais complexos, que impactam direta e indiretamente toda a população, especialmente em áreas como educação, saúde, moradia, geração de emprego e distribuição de renda.

As ações governamentais, os investimentos sociais de empresas e o dinheiro de pessoas físicas engajadas com a filantropia têm tido papel importante no seu enfrentamento, mas são insuficientes para resolvê-los. As soluções existentes não chegam a todos e, quando chegam, não têm se mostrado definitivas.

Um dos caminhos inovadores que se somam aos esforços para endereçar essas questões é o dos investimentos e negócios de impacto.

  • Investimentos de impacto são todos os recursos, públicos e privados, que podem ser direcionados por instrumentos financeiros para organizações, negócios e fundos, comprometidos em gerar impacto social mensurável e rentabilidade financeira.
  • Negócios de impacto são empreendimentos com missão e soluções voltadas para a resolução de problemas sociais e ambientais – comprometidos em monitorar seu impacto e gerar resultado financeiro positivo e sustentável.  Os negócios de impacto podem assumir diferentes formatos legais: associações, cooperativas ou empresas.
O ICE tem se dedicado desde 2014 ao fortalecimento do ecossistema de investimentos e negócios de impacto no Brasil. A nova Teoria de Mudança do instituto para o período 2021 – 2025 foi construída com o envolvimento da equipe, Conselho Deliberativo, Associados e parceiros, e apoio do Sense-Lab. Está estruturada em quatro focos estratégicos, que se conectam aos programas do ICE.

  1. MOBILIZAÇÃO DE ATORES E REDES CHAVEAtrair o interesse de lideranças que incorporem a agenda de impacto dentro de suas organizações e redes assumindo compromissos estruturantes.
  2. INFLUÊNCIA SOBRE GESTORES E INVESTIDORES | Mobilizar mais capital para o ecossistema e estimular a criação de produtos financeiros que atraiam investidores, acionistas, fundações e governo, trazendo o impacto para o centro de suas decisões.
  3. INFRAESTRUTURA DE APOIO | Fortalecer um ambiente institucional favorável (cultura, legislação e regulamentação) e infraestrutura com redes, plataformas de formação, conteúdo de referência e condições para replicação de boas práticas.
  4. INOVAÇÃO PARA TRANSFORMAÇÃO SOCIALGerar repertórios e evidências que comuniquem as inovações do ecossistema e seu poder transformador, engajando cada vez mais atores estratégicos.

TEORIA DE MUDANÇA 2021 – 2025

Visão de Transformação

O ecossistema de investimentos e negócios de impacto se consolida gerando soluções inovadoras para superação das principais questões sociais e ambientais do Brasil, contribuindo para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, atraindo novos capitais e servindo como referência e inspiração para uma economia que coloca impacto no centro de todas as decisões.

Para conhecer a versão completa da Teoria de Mudança do ICE, com resultados e outros detalhes, clique aqui.
Saiba mais:

A nova Teoria de Mudança envolveu reflexões sobre os resultados obtidos pelo ICE durante o primeiro ciclo na agenda de investimentos e negócios de impacto, iniciado em 2014. As conclusões da avaliação de impacto do projeto em convênio com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), concluída pelo Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social (IDIS) em 2020, foram um ponto de partida importante nesse processo, assim como o relatório produzido pela Aliança pelo Impacto sobre o ecossistema no período 2015-2020. As novas recomendações  para o avanço do campo até 2025 também nortearão a atuação do Instituto nos próximos cinco anos.

ICE – Instituto de Cidadania Empresarial