Notícias

Notícias

Time da UFPA representa o Brasil na Enactus World Cup no Vale do Silício

Estudantes da Universidade Federal do Pará (UFPA) venceram etapa nacional e apresentaram
5 projetos de empreendimentos sociais no mundial realizado nos Estados Unidos.

Escrito por Tauani Lima com edição de Lysa Ribeiro (ICE)

O campeonato mundial Enactus World Cup aconteceu entre os dias 16, 17 e 18 de setembro em São Jose, Califórnia nos EUA. O evento reuniu estudantes, acadêmicos, agentes do governo e líderes de organizações de 37 países que formam a rede Enatctus – uma organização dedicada a inspirar universitários a melhorar o mundo através da Ação Empreendedora.

Direto da Amazônia, 20 integrantes do Time Enactus UFPA viajaram ao Vale do Silício para representar o Brasil na liga de abertura, ao lado de estudantes do Azerbaijão, Marrocos e Nigéria. Criado no campus de Belém em 2014, o grupo conquistou a vaga no mundial de 2019 com mais de 120 times de outras instituições de ensino superior do Brasil no evento realizado em São Paulo, no mês de julho.

A viagem para os Estado Unidos foi custeada com uma campanha de financiamento coletivo e teve entre seus apoiadores a cantora e compositora Dona Onete, considerada a diva do Carimbó. Tudo para não deixar de fora da Enactus World Cup, os 5 projetos de empreendedorismo criados pela Enactus UFPA: Amana Katu, Cíclica, Costuraê, Fiero e Minerva. Dezesseis países foram selecionados para a semifinal e as equipes do Estados Unidos, Egito,
Canadá e Alemanha seguiram para a final da competição. O time do Egito foi o campeão com o projeto Rosie de absorventes ecológicos feitos com fibra de bananeira e acessíveis a baixo custo. Os absorventes serão distribuídos em quatro países da África, com apoio da Unilever.

O Time Enactus UFPA também pôde participar do World Water Race – um desafio global referente as problemáticas da água, saneamento e recursos hídricos. Ao todo foram mais de 120 projetos inscritos. Pelo segundo ano consecutivo, o Time Enactus seguiu para a final da competição com o negócio social Amana Katu, idealizado para melhorar a distribuição de água na região Amazônica e oferecer água de qualidade para os ribeirinhos. O empreendimento amazônico conquistou o 2º lugar. O primeiro lugar ficou com o time da Índia.

O professor José Augusto Lacerda da UFPA, membro da Rede Nacional de Professores do Programa Academia ICE, acompanhou o grupo nas duas competições e lembra da experiência no World Water Race: “É um tipo de competição no qual todos ganham e emociona ver jovens de todo o mundo fazendo um trabalho dessa ordem. Por causa do contexto sem recursos nas universidades federais brasileiras tivemos que fazer um financiamento coletivo. Então, o fato de ter conseguido estar lá com 20 estudantes também foi uma vitória muito grande.”

O empreendimento Amana Katu e outros projetos do time nasceram no Desafio Inove +, a maior maratona universitária de Empreendedorismo e Inovação da região Norte. Em aceleração pela Ambev, o empreendimento quer se tornar um negócio de impacto. Clique aqui para saber mais sobre o Enactus UFPA.



ICE – Instituto de Cidadania Empresarial