Notícias

Notícias

Consulta Aberta aponta avanços e desafios

Um ano depois de lançar 15 recomendações estratégicas para o avanço do campo das Finanças Sociais e dos Negócios de Impacto no Brasil, a Força Tarefa de Finanças Sociais (FTFS) abriu uma consulta aberta, concluída no dia 30 de novembro, para mapear os avanços e as conquistas das organizações.

A plataforma online no site da FTFS ( http://consulta.forcatarefafinancassociais.org.br/) foi acessada por 217 visitantes e 105 pessoas cadastradas fizeram interações. Foram mapeados 56 projetos/iniciativas alinhadas às 15 recomendações da FTFS e identificados 30 desafios que auxiliam a direcionar os próximos passos e impulsionar ainda mais o campo.

“Além de identificarmos projetos que não estavam no nosso radar, a Consulta ajudou a mapear desafios e questões que ainda impedem o fortalecimento do campo nas mais diversas temáticas – como a atração de mais recursos ou o fortalecimento da cultura de avaliação dos negócios de impacto. A Força Tarefa pôde identificar onde colocar mais recursos e energia para apoiar algumas dessas questões críticas e ajudar a desenvolver soluções. Foi um movimento importante e, a partir de agora, o esforço será concentrado em entender a melhor forma de encaminhá-las, seja estimulando a discussão no ecossistema ou propondo soluções diretamente”, explica Diogo Quitério, gestor de programas do Instituto de Cidadania Empresarial (ICE).

O conjunto de informações gerado pela consulta aberta será incorporado ao conteúdo do relatório da FTFS 2016, a ser lançado no primeiro trimestre do próximo ano. “A consulta aberta reforça a forma de atuar da FTFS. O nosso resultado é a soma de resultados e conexões das ações de várias organizações do ecossistema, apurado de forma transparente e participativa”, destaca Diogo.

Em 2017, a plataforma será adaptada como um espaço permanente para consulta, com atualizações frequentes sobre os avanços relacionados às recomendações da FTFS e aberta a inserções, dando visibilidade ao que as organizações estão fazendo no campo.



ICE – Instituto de Cidadania Empresarial