Notícias

Notícias

Fórum Impacta Mais ON divulga vencedores da sexta edição do Prêmio Academia ICE

Transmissão contou com a participação dos contemplados, que compartilharam a experiência de trabalhar com o tema e ter suas iniciativas reconhecidas. 

A primeira edição do Fórum Impacta Mais ON, realizada nos dias 30 de junho e 1º de julho, reservou um momento especial para anunciar os vencedores da sexta edição do Prêmio Academia ICE. 

A iniciativa faz parte do Programa Academia e conta com a parceria estratégica do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) por meio do BID Lab. Desde 2014, quando foi lançado, o prêmio promove e incentiva a produção acadêmica sobre investimentos e negócios de impacto na graduação e pós-graduação.

Aberta a trabalhos de conclusão de Graduação, Mestrado e Doutorado realizados por alunos formados ou recém-formados em qualquer curso de Instituições de Ensino Superior (IES) brasileiras reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC), a iniciativa reconhece os autores e seus orientadores com prêmios que vão de R$ 1.500 a R$ 8 mil. 

 

Números da edição 

A sexta edição do Prêmio Academia ICE seguiu a tendência do ano passado e registrou aumento nas inscrições: 49 trabalhos, vindos de 14 estados brasileiros. A maioria foi desenvolvida em instituições públicas de ensino (61%), enquanto 33% veio de instituições privadas. 

Para Adriana Mariano, gestora de programas do ICE, os números demonstram avanços da pesquisa sobre impacto positivo no Brasil, observados a cada edição do Prêmio. “A diversidade temática aponta para um olhar cada vez mais aprofundado da pesquisa sobre o campo de impacto. Entre os vencedores desta edição, temos trabalhos que focam a parceria de grandes empresas com negócios de impacto, experiência de cooperativa, conexão com Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e com a agenda de sustentabilidade, assim como temas que já surgiram em outras edições, porém com novas abordagens metodológicas, como mensuração de impacto”, explica. 

Quanto às três categorias da iniciativa, predominam os trabalhos de graduação (45%), seguidos de dissertações de mestrado (35%) e teses de doutorado (20%). O curso de Administração também teve destaque: 17 dos 49 trabalhos inscritos. 

Houve diminuição da diferença entre inscrições de homens e mulheres em relação à edição anterior. Neste ano, elas foram responsáveis por 55% dos trabalhos, enquanto eles por 45%. 

O estado de São Paulo segue a tendência de liderar os números absolutos de inscrições e  obteve aumento expressivo: de 20%, em 2019, para 41%, em 2020. O estado também se destaca nas três categorias analisadas: 55% dos trabalhos de graduação foram realizados no estado, sendo 23% das inscrições de mestrado e 40% das de doutorado. 

Para Adriana, ainda há o desafio de fazer com que a existência do Prêmio seja mais divulgada em outras localidades e incentive a inscrição de trabalhos de outras regiões do país. “Temos o desejo de ver mais trabalhos de diversas regiões na etapa final. O fato de termos apenas dois vencedores por categoria, entretanto, torna essa representatividade desafiadora. Há uma vontade de parte dos professores da Rede de criar uma nova categoria para reconhecer ao menos um trabalho por região.”

Entretanto, a gestora reforça e agradece o papel de professores em divulgar o prêmio e disseminar o tema de investimentos e negócios de impacto na academia. Ela também destaca o esforço daqueles que participaram da seleção dos trabalhos inscritos. “A cada edição, o processo de seleção se torna mais desafiador e agradecemos aos 28 professores da Rede Academia ICE e aos seis profissionais do campo, além dos associados do ICE que toparam o desafio de participar desse processo.” 

 

Um prêmio para reconhecer diferentes etapas e trajetórias na pesquisa sobre impacto

O anúncio dos vencedores durante uma live no Youtube no primeiro dia do Impacta Mais ON contou com a participação da professora Rachel Stefanuto, coordenadora técnica do Prêmio Academia ICE, e do professor Edson Sadao – avaliador da sexta edição do Prêmio e vencedor como orientador na categoria doutorado na quinta edição.

Segundo Sadao, participar do Prêmio Academia ICE é um grande incentivo para quem desenvolve e conduz pesquisas. Durante a transmissão, ele contou sobre como a bolsa recebida como prêmio em 2019 o ajudou dar continuidade e aprofundar a pesquisa. “Nosso foco foi estudar organizações e negócios de impacto que atuam de forma internacionalizada, ou seja, em mais de um país. Com a bolsa concedida, tivemos uma oportunidade incrível de visitar negócios pelo Brasil, Chile e Peru. Foi uma chance de iniciar uma nova investigação sobre esses negócios, além de fortalecer nosso grupo de pesquisa e incentivar nossos alunos que continuassem seus trabalhos”, compartilhou. 

O docente enxerga o Prêmio como uma alavanca que, de forma estratégica, impulsiona as pesquisas, para que possam alcançar patamares mais altos. “Além da parte conceitual, sabemos que o campo necessita conhecer exemplos de empreendedores que têm colocado seu conhecimento e trabalho à disposição da melhoria da sociedade nos aspectos sociais e ambientais. Com o recurso da bolsa, nossos trabalhos têm alcançado os mais importantes congressos brasileiros e internacionais da área de administração, fazendo com que o tema se fortaleça não somente nas nossas instituições no Brasil, mas também no âmbito internacional.” 

Augusto Massena, primeiro colocado na categoria graduação da sexta edição do Prêmio, também participou da transmissão, representando todos os ganhadores de 2020. Orientado pela professora Aurélia Melo, que integra a Rede do Programa Academia ICE, o recém graduado comenta que, logo no início do curso de Administração, teve contato com uma oficina de projeto social, que conversava com a visão social que já havia adotado na empresa que abriu junto com o irmão e o primo. 

“Nesse projeto social, tivemos que ajudar um projeto in loco, trazendo a parte de administração para o negócio. Eu gostei muito do tema e foi quando conheci o conceito de negócio de impacto social, logo no primeiro ano de faculdade. Em seguida, tive contato com a professora Aurélia Melo, que foi me incentivando a entrar cada vez mais no tema. No ano passado, começamos esse trabalho de conclusão de curso e foi legal perceber que a motivação para realizá-lo começou lá no primeiro ano”, comentou. 

Assista aqui o anúncio dos vencedores, a partir de 2h30 de vídeo.

 

Conheça os vencedores da 6ª edição do Prêmio Academia ICE 

Categoria Graduação TCC

1º colocado

“Parcerias entre Negócios de Impacto Socioambiental e Grandes Empresas: Análise de Casos no RS”

Autor: Augusto Hommerding Massena

Orientadora: Aurélia Adriana de Melo (Membro da Rede Academia ICE)

IES: Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos)

Curso: Gestão para Inovação e Liderança

Região: Montenegro, Rio Grande do Sul 

 

2º colocado 

“A Colaboração dos Negócios de Impacto no Alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030”

Autora: Erilandia Sousa Sales

Orientador: Leandro Pereira Morais

IES: Universidade Estadual Paulista (UNESP)

Curso: Ciências Econômicas

Região: Campinas, São Paulo 

 

Categoria Mestrado Stricto Sensu 

1º colocado 

“Impactos do Microcrédito: Uma Abordagem Quasi-Experimental com Empreendedores do Nordeste Brasileiro”

Autor: Gilberto Ribeiro de Oliveira Filho

Orientador: Marcelo Rodrigues dos Santos

IES: Insper

Curso: Mestrado Profissional em Economia

Região: São Paulo, São Paulo

 

2º colocado 

“Cooperativas de Crédito como Negócios de Impacto: O Caso da Sicoob Credichapada”

Autor: Gustavo Henrique Dias Souza

Orientadora: Valéria Gama Fully Bressan

IES: Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Curso: Mestrado em Controladoria e Contabilidade

Região: Belo Horizonte, Minas Gerais 

 

Categoria Doutorado Stricto Sensu

1º colocado

“A Construção do Significado de Impacto Social por Investidores de Impacto e Empreendedores Sociais Brasileiros”

Autora: Nadir França

Orientadora: Graziella Maria Comini (Membro da Rede Academia ICE)

IES: Universidade de São Paulo (USP)

Curso: Doutorado em Administração

Região: São Paulo, São Paulo

2º colocado

“Lidando com Trade-offs de Sustentabilidade em Negócios de Impacto: Estratégias para Acomodação” 

Autor: José Guilherme Ferraz de Campos

Orientador: Adalberto Américo Fischmann

IES: Universidade de São Paulo (USP)

Curso: Doutorado em Administração

Região: Bragança Paulista, São Paulo

 



ICE – Instituto de Cidadania Empresarial