Notícias

Notícias

Impacta Mais ON: Fórum de Investimentos e Negócios de Impacto tem evento online para pensar o pós-crise

Nos dias 30 de junho e 1º de julho, o ecossistema vai se reunir para discutir como a  agenda de impacto pode contribuir para uma recuperação econômica com menos desigualdade tendo as pessoas e o planeta no centro das decisões sobre investir e empreender.

O adiamento da data original do Fórum de Investimentos e Negócios de Impacto – em razão do distanciamento social para conter a disseminação do novo coronavírus – abriu uma nova possibilidade: a realização de um pré-evento online para iniciar as discussões que serão aprofundadas no evento presencial, previsto para novembro.  

O evento, que será realizado nos dias 30 de junho e 1 de julho, é um marco simbólico do Fórum e, por ser online, ganhou uma adição na logomarca oficial: Impacta Mais ON. Segundo Vivian Rubia, coordenadora de programas do ICE, criar um espaço onde o ecossistema de investimentos e negócios de impacto possa se encontrar neste momento de tantas ideias circulando está entre as principais motivações dos realizadores ICE, Impact Hub e Vox Capital para realizar esse ‘aquecimento’ para o encontro de novembro.

O tema principal do Impacta Mais ON será o debate sobre a construção de uma nova economia com impacto positivo no pós-crise, uma vez que a crise de escala global tem acelerado emergências do ponto de vista social, econômico e ambiental. “Temos que ser cuidadosos com a expressão corriqueira de que a crise é uma oportunidade. Já sabemos que a crise tem trazido perdas inestimáveis, tem impacto direto no atingimentos dos objetivos de desenvolvimento sustentável e gerou um aprofundamento das desigualdades no mundo todo. Por isso, queremos reforçar que, agora, as necessidades ficam tão evidentes, que o campo dos investimentos e negócios de impacto pode contribuir de forma muito positiva no sentido de reorientar negócios e investimentos para gerar mais impacto positivo.” 

A programação do evento foi construída pensando nas discussões sobre essa reconstrução necessária e na criação de novos parâmetros para a economia, nos quais os negócios de impacto têm um papel importante no que se refere a pensar como trazer mais impacto social nos investimentos e como incubadoras, agentes intermediários e outros atores podem contribuir com o atual cenário. 

 

Programação 

Aspectos que marcaram presença nas edições presenciais do fórum, como co-construção, cooperação e suporte mútuo, serão mantidos no novo formato. As três sessões do evento online foram pensadas para apoiar a construção de leituras e cenários do ecossistema de impacto e seu papel no processo de recuperação econômica, com menos desigualdade e orientada para a regeneração do planeta. 

A ideia é que as seções possam contar com diferentes vozes incentivando a diversidade no debate e o construir coletivo e também sejam espaço para apresentação de dados e pesquisas do campo que possam apoiar o entendimento sobre os desdobramentos e movimentos para superação da crise, além de reforçar os sentimentos de interdependência e solidariedade. 

No dia 30 de junho, o painel de abertura do evento tem como tema ‘Qual é a contribuição dos investimentos e negócios de impacto para novos paradigmas econômicos?’. contará com palestrantes internacionais e nacionais para construir um diálogo entre o que se tem discutido no cenário global e no local. Sir Ronald Cohen,  presidente do conselho do Global Steering Group for Impact Investment (GSG) e The Portland Trust, é um dos confirmados para a sessão

 

Transformação do ecossistema de impacto 

Também no dia 30, os participantes poderão acompanhar a atividade ‘Cenários e caminhos para a transformação’. Vivian explica que a proposta desse momento é possibilitar troca de ideias entre os participantes   e a Aliança pelos Investimentos e Negócios de Impacto, que está justamente às vèsperas de atualizar suas recomendações para o campo para os próximos anos (saiba mais aqui). As contribuições serão usadas como base para as recomendações, previstas para serem lançadas em agosto. 

A participação é, inclusive, uma das propostas que guiarão o evento online. Não se trata de promover um evento com foco em transmitir conteúdos meramente, mas de propiciar espaços de diálogo entre os participantes. 

A atividade do último dia do evento, 1º de julho, terá como tema ‘O (IM)PACTO que queremos: Co-criando uma visão para o ecossistema de investimentos e negócios de impacto’. Vivian afirma que a ideia é convidar especialistas de diferentes organizações do que possam trazer olhares mais próximos dos negócios e compartilhar sua atuação em conversas mais aprofundadas. 

 

Inscrições 
Todos os interessados em participar do evento, que é gratuito, podem realizar a inscrição neste link



ICE – Instituto de Cidadania Empresarial