Notícias

Notícias

InovAtiva inicia aceleração de startups de impacto socioambiental

Como parte da programação do bootcamp final do InovAtiva Brasil, Ciclo 2016.2, que aconteceu entre os dias 3 e 5 de dezembro em São Paulo (SP), uma banca especial formada por investidores e membros do ecossistema nacional de finanças sociais e negócios de impacto analisou os projetos das startups de impacto selecionadas pelo InovAtiva de Impacto.

O InovAtiva Brasil é um programa desenvolvido pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) em parceria com o Sebrae Nacional. Em 2016, o programa trouxe uma novidade: o InovAtiva de Impacto, voltado para startups de negócios de impacto social e ambiental. A iniciativa é resultado do Lab de Inovação em Finanças Sociais, realizado pela Força Tarefa de Finanças Sociais (FTFS), ao longo do ano.

As 14 startups que se apresentaram no Demoday do InovAtiva de Impacto foram selecionadas entre as empresas finalistas das edições anteriores do programa. A banca era formada por investidores-anjo, representantes de fundos de investimento e aceleradoras focadas nesse segmento. As duas empresas premiadas são de Santa Catarina. A Sumá, de Balneário Camboriú, é uma plataforma de conexão entre gestores e agricultores familiares para consumo de alimentos locais e rastreáveis pelos mercados institucionais; e a ePHealth, que é uma startup que desenvolveu uma plataforma de coleta de dados da atenção básica para agentes comunitários de saúde.

O Secretário de Inovação e Novos Negócios do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Marcos Vinícius de Souza, destacou que existem vários investidores que procuram empresas com propostas voltadas para a solução de problemas ambientais e dificuldades da base da pirâmide social. “O InovAtiva de Impacto é para direcionar essa procura. Será uma oportunidade extra para os empreendedores mostrarem seus projetos a investidores que priorizam a responsabilidade socioambiental para, quem sabe, saírem de lá com parcerias firmadas”.

Nas próximas edições do InovAtiva Brasil, a partir de 2017, será lançada uma série de cursos de capacitação voltados a negócios de impacto socioambiental e finanças sociais, desenvolvido pelo Sebrae Nacional, em parceria com o MDIC.

As startups interessadas já poderão se inscrever no programa de aceleração com esse foco e, caso selecionadas, terão mentorias especializadas no tema. “Nossa presença no InovAtiva de Impacto é um claro exemplo da importância do empreendedorismo visando ao resultado social. A partir de uma marca forte e consolidada no mercado como o InovAtiva Brasil, direcionamos novos esforços aos negócios de impacto”, ressalta o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos.

Celia Cruz, diretora executiva do Instituto de Cidadania Empresarial (ICE) e mentora do InovAtiva de Impacto, considera que o alto nível do InovAtiva traz oportunidades incríveis de criar e recriar soluções no ecossistema empreendedor. “Essa nova agenda cria nos empreendedores um interesse em mostrar que seus negócios podem resolver problemas sociais. E a troca entre esses grupos será uma nova oportunidade para o ecossistema”.

5ª Conferência Anjos do Brasil reúne investidores e empreendedores

Palestras e painéis de investidores e empreendedores, apresentação de cases e simulação de pitches cumpriram a meta proposta pela 5ª Conferência Nacional da Anjos do Brasil, realizada no dia 5 de dezembro, em São Paulo (SP): proporcionar um entendimento profundo do que é empreender com impacto e inovação e de como obter um investimento-anjo.

Anjos do Brasil é uma entidade de fomento a investimento anjo do Brasil com objetivo de difundir e maximizar o investimento em negócios de alto impacto.



ICE – Instituto de Cidadania Empresarial