Investimentos de Impacto

Entre 2017 e 2018, o ICE investiu cerca de R$ 3 milhões doados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), por meio do BID Lab, para apoiar o desenvolvimento e a estruturação de negócios de impacto e fortalecer incubadoras e aceleradoras no Brasil.

Duas edições da Chamada ICE-BID de Financiamento Semente para Negócios de Impacto Socioambientalresultaram na seleção de 16 negócios de impacto que receberam empréstimos com prazo de pagamento em 5 anos e formaram um portfólio que o ICE vem acompanhando desde então.

Com o monitoramento do desempenho econômico-financeiro e dos indicadores de impacto dessa carteira, o ICE pode provar sua tese de impacto para a iniciativa: a de que com um financiamento baseado na modalidade de empréstimo, essas empresas em estágio inicial atravessariam o ‘vale da morte’ e poderiam avançar para estágios mais maduros do negócio.

Os aprendizados com a gestão do portfólio ICE-BID e os recursos que retornam dos empréstimos estão sendo empregados para a formação de um novo portfólio, desta vez via instrumentos financeiros de impacto estruturados por organizações dinamizadoras.

Portfólio ICE-BID

  • R$ 2,9 milhões sob gestão na carteira em dezembro de 2020
  • Os empreendimentos apoiados atuam nos setores de saúde, educação, habitação, tecnologia para governo, gestão de resíduos, desenvolvimento rural e inclusão financeira. Cerca de 1,8 milhões de pessoas são positivamente impactadas pelos negócios.
  • Seis negócios receberam em 2018 um total de R$ 1,2 milhões em investimentos (empréstimo e crowdequity) do FORImpact, grupo de 12 famílias e family offices formado em sua maioria por associadas e associados do ICE.
  • 5 negócios captaram R$ 34,5 milhões na série A
  • Dos 16 negócios apoiados, 14 seguem na carteira. A TNH Health/Vitalk quitou o empréstimo antes do prazo previsto e a Pluvi.On finalizou sua operação em 2020.

Gestão de Impacto

  • O ICE tem liderado conversas entre investidores para explorar como gerem, mensuram e avaliam o impacto das companhias investidas.
  • A mensuração de impacto é um passo importante para avaliação dos resultados práticos dos investimentos em negócios de impacto, bem como para avanços na busca de novos investimentos.
  • Bemtevi, Positive Ventures, Potencia Ventures, Rise Ventures, Sitawi, Synthase Ventures, Trê, Vox Capital e Yunus Negócios Sociais participaram de uma sistematização que avaliou oito parâmetros. Entre eles, o uso de ferramentas próprias ou de mercado para gestão de impacto, frequência de monitoramento e divulgação de relatório de impacto. O documento inclui as práticas do próprio ICE.

Novos investimentos

  • A nova carteira do ICE conta com R$ 707 mil investidos em três organizações dinamizadoras e 17 negócios, o que representa cerca de 70% do valor retornado dos empréstimos do portfólio ICE-BID. (Dado de setembro de 2021.)
  • Em 2020, R$ 420 mil foram investidos em três produtos financeiros de impacto, sendo R$ 280 mil para apoio a 9 negócios de impacto nas áreas de desenvolvimento rural, tecnologias verdes, saúde, cidades e cidadania e R$ 140 mil para 4 fundos de crédito a microempreendedores.
  • Aporte de R$ 275 mil na quinta rodada da Plataforma de Empréstimo Coletivo da Sitawi, voltada a negócios da Amazônia com foco na manutenção da floresta em pé.
  • Novo aporte de R$ 150 mil na Sumá, negócio do Portfólio ICE-BID.

Saiba mais

Gestão de Impacto –  Práticas e ferramentas para investidores de negócios de impacto – ICE e mais 9 organizações e gestores de portfólios de impacto que atuam no Brasil compartilham sua forma de monitorar portfólios.

Produtos Financeiros de Impacto mapeou alternativas em 2019.

Chamada ICE-BID – conheça os detalhes d– publicação da Aliança pelo as edições realizadas em 2017 e 2018.

ICE – Instituto de Cidadania Empresarial